Se conselho fosse bom … então …

Será que você precisa realmente de frases prontas, mensagens bonitinhas e dicas dos maiores especialistas que estão sentados no sofá? Que não seguem seus próprios conselhos, que não vivem suas próprias vidas, que não escrevem suas próprias estórias?

Será que o exemplo não é o melhor conselho? Claro que não, afinal, é mais fácil julgar pessoas, fatos e situações.

Quantos Analistas Financeiros não ganharam muito dinheiro só na teoria, e dizem: – “Ah se eu tivesse comprado ações da Petrobrás e vendido antes delas desabarem … teria ficado milionário”. Mas nunca abriu uma conta em uma corretora e pagou o preço de estudar o mercado, de comprar e vender ações. Será que aguentaria perder 30%, 60% ou 90%?

É sempre bom querer ganhar o bônus, mas ninguém quer o ônus. Mas tudo na vida tem o bônus e o ônus. São escolhas que fazemos.

O que é melhor? Ser um empreendedor ou um funcionário público? Bom a pergunta está errada, por que a pergunta deveria ser: – O que você quer fazer? Qual é o seu sonho? O que faz seu coração arder?

Agradeço aos meus pais que nunca disseram o que eu deveria fazer da minha vida, eles queriam que eu descobrisse por mim mesmo, mas alguns pais por medo, escolhem as profissões dos seus filhos. O problema se agrava, quando outras pessoas escolhem por você. E eles vivem uma vida infeliz e sem propósito.

E quer saber? A culpa não é deles! A culpa é sua que deixou os outros escolherem por você. Você cometeu um dos maiores erros: Terceirizar a SUA responsabilidade.

Se você terceirizar as finanças, a carreira, os filhos, a família, sua fé, sua vida os outros vão tomar conta e você não poderá reclamar e nem culpar por entregar de graça tudo aquilo que você se dedicou e se sacrificou.

Mas você nunca vai escutar um conselho? Claro que sim, mas de pessoas que seguem os conselhos que dão, de pessoas que fizeram aquilo e tiveram resultado, de pessoas que inspiram pelo exemplo. Mas você vai trilhar o seu próprio caminho, você vai ser o responsável tanto pelo fracasso, mas também pelo sucesso.

Hoje muitas pessoas acompanham e se beneficiam do meu trabalho como Coach e isso só foi possível, por que a uns 3 anos eu decidi sair da minha zona de conforto e fazer algo diferente e aprender coisas novas. E olha que já me deram o conselho de não ser Coach …

Crescer dói, sair da zona de conforto dá medo, fazer coisas diferentes cansa. E sim, dá vontade de desistir quando os problemas parecem te engolir, mas quer saber? Segurança não existe. A crise chega, a doença inesperada aparece, um acidente acontece e um dia a morte vai chegar para cada um de nós.

Nesse momento, você tem duas escolhas:

– Lamentar pela tragédia, pela situação externa, pelo inevitável.

– Ser grato por ter feito o Possível e ter dado o seu melhor com todas as forças e com toda a sua energia, e que o Impossível é só uma palavra para Deus.

Aliás, quando chega-se ao Impossível é ótimo, porque se é impossível só porque ninguém nunca tentou é uma oportunidade. Se é impossível porque humanamente você só pode orar por um milagre de Deus, então você está nas melhores mãos.

Quer um conselho?

Então …

About The Author

João Guilherme Barros

Especialista em Coaching Financeiro, Organização e Planejamento Financeiro Formado em Ciências da Computação com Especialização em Gerenciamento de Projetos. Formado em Professional Coaching Practitioner pela Academia Brasileira de Coaching, atuando com Inteligência Emocional e Neurociência aplicada ao Coaching. Co-participação da criação do Livro de Neurociência: Ask Brain do Doutor Marcelo Peruzzo. Mentor Convidado na MT stars (http://www.mtstars.com.br/) Participou de diversos cursos, treinamentos, workshops, congressos e seminários pra aprender aquilo que pode fazer a diferença na vida dos seus clientes, seguidores e amigos.

Deixe seu comentário